sábado, 19 de julho de 2014

"Do you like you?"


    Quantas vezes te perguntas se estarás bem, se alguém notará alguma das tuas imperfeições? Quantas vezes baixas a cabeça quando alguém passa por ti? Quantas vezes pensas que não és o suficiente para ninguém? Quantas vezes te sentes triste por algo que não devias?
You don't have to try so hard
    A tua prioridade nunca deveria ser agradar aos outros, mas sim a ti. És tu que te defines, mais ninguém.
    De que te serve ter a aprovação dos que te rodeiam, se nem tu te aprovas? Talvez a sociedade nos envolva nesta teia de superficialidades, nos faça parecer tão mínimos e insignificantes que chegamos ao ponto de querer o que fica bem e não o que nos faz feliz. Não é horrível? Viver consoante ideias exteriores, sem pensar primeiro no que nos faz realmente bem.
    Talvez seja complicado, nos tempos que correm, saír à rua sem pensar nas opiniões que nos rodeiam, porém, porque não ignorar as opiniões negativas, aceitar as positivas e utilizar as pessoais? Será mais facil viver dependente dos outros? Fazer um esforço para que alguém goste de nós nunca será bom. Se foi preciso fazer um esforço para alguém gostar de nós, é porque esse alguém não nos conhece realmente e não gosta do que somos, mas sim do que nos conseguimos tornar com um pouco de esforço.
Do you like you?
    Talvez já tenha pensado muitas vezes que não gosto assim tanto de mim, porém esse não é o caminho para ser feliz. Se eu não gostar de mim quem gostará? Uma frase tão clichê mas tão certa.
    Alguém gostará de nós pelo que somos. ❝Don't you like you?

Sem comentários :

Enviar um comentário