sexta-feira, 18 de abril de 2014

"Diário da nossa paixão" - parte XX - Capítulo de encerramento

Quatro e vinte e três da tarde. Aqui estou eu, escrevendo mais uma vez, coisa que já não faço com tanta regularidade. A minha vida tornou-se tão mais interessante desde que Ele apareceu, que já não sinto tanta necessidade de vir aqui desabafar... Sinto que tudo está perfeito e em sintonia, como o universo supostamente estaria quando tudo se criou, mas deixemo-nos de coisas ciêntificas. Como referi, tudo parece estar perfeito, não há nada que me deixe em baixo neste momento. O vazio que sentia, finalmente decidiu ficar preenchido com a presença de alguem. Novidades? Nada que não fosse de esperar. Depois de toda esta história, depois de tantas dúvidas, depois de tantas esperanças... Ontem ele pediu-me em namoro... Que respondi eu, perguntam vocês. Acho que é óbvio que a resposta foi sim. Começou uma nova etapa, não só da minha vida, mas também da vida dele. Sei que já construímos algo forte e que tem bases suficientemente fortes para aguentar durante longos anos. A minha vontade é ficar assim para sempre, sentir que o vazio que outrora estava no meu coração, foi devidamente preenchido, e que nunca mais voltará a ser motivo de tristezas.
Gosto de dar finais felizes às minhas histórias, e portanto, é com todo o orgulho que encerro este diário, o diário da minha paixão. Sinto que é a altura exata para concluir esta fase de escrita, e aproveitar o resto do tempo com quem tenho a meu lado. Poderia continuar a descrever momentos passados com Ele, porém isso seria demasiado, e para além disso, os bons momentos estão gravados para sempre na memória, e isso, ninguém pode mudar. Estou feliz, pois finalmente encontrei alguém cujo coração bate ao mesmo ritmo que o meu.


(texto fictício)

Sem comentários :

Enviar um comentário