sábado, 29 de junho de 2013

"Diário da nossa paixão" - parte XII

Estou de volta ao meu diário, com novidades como era esperado. Ontem depois de escrever, acabei por me perder a ver umas coisas e esqueci-me completamente que me tinham chamado para jantar. Cerca de cinco minutos depois de me terem chamado, visto que eu não aparecia, vieram chamar-me. E quem é que me veio chamar? Precisamente, Ele. Assustei-me com a sua entrada silenciosa na sala dos computadores, Ele riu-se. Caí em mim e apercebi-me que tinha de ir jantar, disse-lhe que me destraí com o computador e Ele como sempre chamou-me de "viciada" e aproximou-se de mim. Fiquei um pouco atrapalhada com a proximidade, acho que Ele reparou nisso, mas continuando... Desliguei tudo e preparei-me para sair do computador, mas como sempre tinha de fazer alguma coisa parva, e foi então que quase caí da cadeira quando me tentei levantar, felizmente Ele agarrou-me. Acho que quando nos tocámos, a atracção foi mútua, e acabámos por nos voltar a beijar. Fiquei novamente atrapalhada e apenas lhe disse "estão a nossa espera... temos de ir jantar" e dirigi-me à porta. Ele sorriu e acompanhou-me. Enquanto percorríamos o corredor Ele pediu-me "depois de jantar... Podemos conversar um pouco?", respondi afirmativamente e fomos então jantar.
Após uma longa conversa à mesa com todos os amigos e conhecidos, começaram a formar-se grupos para sair. Algumas pessoas iam ficar no hotel a descansar, por isso decidi fazer o mesmo. Ele vendo que fiquei decidiu ficar também, para falarmos. Os grupos saíram. As pessoas que ficaram no hotel separaram-se, uns foram até à sala de jogos, outros ficaram pelo bar e os restantes foram para os quartos. Eu e Ele fomos até junto da piscina do hotel, e ficámos sentados nuns pequenos bancos. Falámos durante imenso tempo, sobre tudo o que acontecera antes da viagem e o que estava a acontecer. Caímos nos braços um do outro, era impossível estarmos afastados. Algo nos cativava. Depois de admitirmos que gostamos um do outro e de trocar-mos alguns beijos, decidimos voltar para dentro, visto que estava um pouco de frio.
Ainda não temos nada de "oficial", vamos dar tempo ao tempo e ver se isto se mantém, ambos achamos melhor. Agora tenho de ir, não referi, mas são sete da manhã... Hoje acordei cedo para ir tomar banho e visto que tinha tempo decidi vir contar as novidades. Estou ansiosa com o dia de hoje, temos imensas coisas planeadas! Amanhã passo por aqui se tiver tempo, esta viagem está a ser fantástica!

(texto fictício)

Sem comentários :

Enviar um comentário