sábado, 6 de abril de 2013

11:05 pm - Porto de Abrigo

E se a vida não for perfeita? Ninguém disse que era, ou que tinha de ser.
É mais uma daquelas noites em que todos arranjaram coisas para fazer e eu como sempre fico a desabafar com o meu blog, espaço que não gosto de intitular de diário, visto que não escrevo todos os dias. Portanto, fico aqui, escrevo o que me vai a cabeça, é quase como um movimento artístico do século XIX, o Naturalismo, em que cada pintor pintava o que queria e o público comprava ou não (influências do estudo). Aqui é o mesmo, eu escrevo e só lê quem quiser, só gosta quem quer.
Sinto um vazio dentro de mim... Não compreendo porquê, parecia estar tudo tão perfeito, porque é que haveria de me sentir assim agora? Não faz sentido, não na minha cabeça. Mas por algum motivo sinto-me desligada do mundo, sinto-me a voltar para baixo, mas contra a minha vontade. Não quero chorar, mas choro, não quero estar triste, mas estou, quero falar mas não consigo. É como me sinto. Não quero afastar ninguém, mas não tenho energia para nada, preciso de um porto de abrigo, preciso de uma companhia segura, que me proteja. Talvez seja esse o meu problema. Talvez seja pelo facto do meu porto de abrigo já existir, mas não puder estar a meu lado devido à distância. Não tenho energia suficiente para aguentar a distância a que estou desse meu porto de abrigo, sinto-me a afundar quando na verdade me quero manter à superfície, mas está difícil. Sei que não estou sozinha, mas falta-me aquela presença física, talvez nem todos percebam o que quero dizer, talvez nunca o tenham sentido. Mas eu sinto isto quase sempre, no final de cada dia, quando regresso a casa e me refugio no meu quarto. Sinto que apesar de estar rodeada de gente, estou sozinha, pois não tenho comigo quem mais queria ter. Não costumo dizer este tipo de coisas... Ou melhor, não costumava, mas pelos vistos mudei. Sim admito, estou diferente, já não sou o que era. Não sou tão fria, preocupo-me comigo, mas continuo a pensar em coisas que não devia pensar. Felizmente acho que mudei para melhor, cresci um pouco, já tinha dito isso. Alguém surgiu na minha vida e mudou a minha rota, alguém me deu confiança suficiente para construir um caminho para percorrer acompanhada, em vez de caminhar sozinha. Agora sinto que tenho alguém do meu meu lado que aconteça o que acontecer vai sempre estar aqui para o que eu precisar, sinto que posso confiar. Desde que esse alguém apareceu, sinto que a minha vida mudou, não fui só eu. Tudo o que antes parecia impossível alcançar, é agora o meu presente, e estou feliz com todas as minhas escolhas. Finalmente tenho como que um objectivo: manter alguém na minha vida. Quero manter alguém que me faz bem, que me deixa feliz e que completa de uma forma que nunca ninguém completou. Porque com esse alguém estou feliz. Preciso do meu porto de abrigo, aqui, agora, e sempre, tal como prometido.
Estava perdida, até encontrar alguém que me deu um caminho.

1 comentário :

  1. Espero que não mudes de rota princesa, tudo a correr bem. Sabes que estou aqui <3

    ResponderEliminar