segunda-feira, 25 de junho de 2012

Então gata, tudo miau? :3

Se somos normais? Eu diria que sim, mas como sei bem como somos, não posso garantir que isso seja verdade. Porque não, nós não somos, e aliás nunca seremos normais. Somos especiais, porque... Porque eu quero e porque é assim, não tem de existir motivo. 
Quero demonstrar-te todo o carinho que tenho por ti, mas sabes que não sou do tipo de pessoa que o diz muitas vezes. Nem sempre tenho palavras simpáticas e nem sempre estou quando é preciso. Sim, ralho contigo quando não gosto de algo que fazes, armo confusão com coisas mínimas. Insulto-te com todos os adjectivos e nomes que possa, e no fundo, tu sabes que tudo isto, é porque gosto de ti. Gosto de ti como uma irmã, e é por isso que te tento proteger. Não te compreendo em certas coisas, porem é assim que deve ser, suponho eu, porque cada pessoa tem um lado que é incompreendido por todos.
Não me perguntes porque é que estou a escrever para ti, pois deves saber. Somos a prova de que as amizades mais duradouras são aquelas que não têm palavras forçadas, aquelas que não têm encontros constantes, aquelas que não se forçam demasiado. Pudemos até passar um mês sem nos ver e quando nos voltamos a encontrar ser como se tivesse-mos passado todos os dias juntas, porém isso é porque durante esse tempo fomos mandando mensagens a lembrar que pudemos contar uma com a outra em qualquer altura. 

Tenho orgulho na nossa amizade e não quero que te esqueças disso. É difícil expressar coisas que apenas se sentem, sabes que não sou boa nisso. Não costumo mostrar o que sinto, não costumo dizer coisas queridas e ser simpática a toda a hora, a todo o minuto. Mas ambas sabemos que quando nos tratamos de forma que todos acham estranho, é apenas como que um amor de irmãs. Por mais ofensas, por mais parvoíces, por mais brigas que façamos, continuaremos sempre a chatear-nos uma à outra. Até porque a tua vida sem mim já não seria a mesma coisa, obviamente. Porque sou muito importante para ti e porque não me queres perder. E esta é a parte em que quando uma pessoa qualquer ler, vai pensar "Olha, esta miúda é mesmo convencida.. A acha que é importante", porem quando tu leres vais simplesmente perceber que eu tenho a noção que sou importante para ti, ao ponto de não ser estúpida e dizer coisas como "não sei se sou importante na tua vida ou não". Eu sei que sou, e por isso é que não te quero fazer sofrer, quero estar bem para tu estares bem, e quero que estejas bem para eu estar bem. Basicamente, se tu estás bem, eu estou bem. Confusões de palavras é comigo, está mesmo à vista, mas pronto.
Para finalizar, quero que te lembres sempre de ser feliz :) pois se o fores, eu também o serei. Estarei sempre a teu lado, para o que precisares, pois uma irmã é para o resto da vida. Fui muito fofinha para ti, porque tu mereces. Mereces tudo. Por todos os momentos em que me apoias-te ou me chamaste à atenção por algo que fiz mal. Mostras-me que há sempre um lado positivo.
Por tudo, e apesar de eu saber que tal como tu, eu não tenho de agradecer, obrigada, por simplesmente estares comigo. 

E porque os amigos também amam, eu amo-te parva 


Para Mafalda Campos.

2 comentários :

  1. obrigado e gostei . também te sigo :) obrigado, também estou a seguir-te :) / peço desculpa de só ter respondido agora , pois o teu comentário já é um pouco antigo 05-2012

    ResponderEliminar