domingo, 13 de maio de 2012

Por Alexandra, heterónimo.

Olá, o meu nome é Alexandra, mas tratam-me por Alex. Sempre fui um pouco diferente das outras raparigas, não segui como que o regulamento que muitas seguem. Não gosto dessa cor que impõem desde cedo para o lado feminino, o cor-de-rosa. Prefiro andar descontraída, t-shirt, calças de ganga e ténis, pode haver melhor combinação? Cabelo desajeitado, atacadores por apertar, sim, sou eu. Gosto da minha desarrumação, pois nela encontro tudo o que quero. Não gosto de complicar situações, prefiro andar descontraída a pensar nas minhas coisas. Não quero que se preocupem comigo, quero passar por entre os pingos da chuva, não preciso que me vejam. Sempre me dei mais com rapazes do que com raparigas, sei bem porquê. Raparigas, são um ser muito complicado, cheias de pormenores, sempre cheias de ambições. Não digo que seja mau, mas... Amizades entre raparigas são como azeite e água, por mais indispensáveis que sejam, não se misturam. O que quero dizer é que aprendi muito, e tirei as minhas conclusões, que de facto não agradam a muita gente, mas como não vivo para agradar a ninguém, isso pouco importa. Gosto de me preocupar comigo, mas não tem de ser constantemente. Enfim, sou diferente dos padrões ideais da sociedade, e depois? Sou feliz, isso basta.

2 comentários :